Meu Trabalho Tem Valor: Atendimentos que marcam

A escolha pela graduação em Farmácia foi aleatória e sem muita perspectiva, mas depois que descobriu a importância da profissão, Giza Carvalho Coutinho, de 28 anos, se apaixonou pela área. “Eu não fazia ideia do tamanho da responsabilidade e da diversidade de funções que um farmacêutico pode executar”.

20160726_143450_resized Todo dia, dezenas de pessoas entram e saem da farmácia onde Giza trabalha. Para estar no balcão, ouvir o cliente, orientar e repetir a mesmo informação quantas vezes for preciso, não basta apenas gostar do trabalho, tem que ter conhecimento . “O que mais me deixa realizada é ver o cliente satisfeito com meu atendimento, saber que todo o meu trabalho realmente tem valor pra ele. Zelar pelo bem-estar do próximo absolutamente não tem preço!”.

Giza trabalhou três anos em uma farmácia de manipulação e atualmente atende numa farmácia. Ao longo desses anos, afirma que já viveu várias situações marcantes no dia a dia de trabalho. “Alguns fatos ficam registrados em nossa memória trazendo orgulho e satisfação de ser um profissional farmacêutico”, conta ela, que relembra uma situação específica com muito carinho.

“Tem um casal deficiente auditivo que compra muito em minha loja. A primeira vez que os atendi, percebendo a deficiência deles, tentei colocar em prática o pouco do que aprendi de libras quando tinha 14 anos. Assim, com muita dificuldade e falha na memória ao conduzir os sinais, consegui ajudá-los. Depois desse dia, toda semana os dois vinham na farmácia e sempre faziam questão do meu atendimento. Se eu estava ocupada atendendo alguém, mesmo tendo todos os outros funcionários à disposição, eles esperavam eu terminar pra depois atendê-los. Certo dia, tive muita dificuldade em conduzir os sinais porque meu conhecimento é limitado e pedi desculpas. Os dois abriram um sorriso e juntos disseram em sinais: ‘Fique tranquila, estamos entendendo tudo, a gente só vem aqui por causa de você, gostamos muito do seu atendimento’. Aquilo me deixou tão feliz. Aprendo muito com eles até hoje. São situações como essa que nos trazem satisfação e a certeza de que meu trabalho tem valor”, relata ela feliz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*