Lorena Baía destaca a importância do SUS e Vigilância em Conferência de Aparecida

Centenas de colaboradores da Saúde de Aparecida e gestores e participam hoje da 1ª Conferência Municipal de Vigilância em Saúde de Aparecida de Goiânia.

A presidente do Sindicato dos Farmacêuticos, Lorena Baía, falou sobre a importância de um SUS Público de Qualidade. 

Essas conferências são  essenciais para aproximar mais a população das demandas que existem na cidade e apresentar as potencialidades da vigilância em saúde.

” As pessoas precisam saber que o SUS está o tempo todo em nossas vidas. Quando levantamos e escovamos os dentes, comemos, bebemos água etc.”, explica a farmacêutica.

Em sua palestra, Lorena ressaltou que por meio da fiscalização,  a Vigilância visa proteger à população dos agravos e doenças. “Ela Existe com esse foco de proteção, por isso é tão importante a proximidade com a sociedade e a criação de diretrizes que para a formulação das Políticas de Saúde”.
CONFERÊNCIAS

As Conferências de Saúde são convocadas por meio de Decreto da Presidência da República, e atualmente são realizadas a cada quatro anos em todos os municípios brasileiros (etapas municipais), em todas as Capitais (etapas estaduais) e em Brasília (etapa nacional). A última edição do evento, a 15ª Conferência Nacional de Saúde, foi realizada em novembro de 2015.

As Conferências de Saúde são espaços destinados a todo e qualquer cidadão brasileiro, oportunidade ímpar para analisar os avanços e retrocessos do Sistema Único de Saúde – SUS, e a propor diretrizes para a formulação das Políticas de Saúde (inciso III do artigo 198 da Constituição Federal). Elas contam ainda com a participação de representantes de diversos segmentos da sociedade civil organizada.

Conferências municipais e estaduais antecedem a Conferência Nacional. Elas tratam dos mesmos temas já previstos para a etapa nacional e servem para discutir e aprovar propostas prévias que contribuam com as políticas de saúde e que serão levadas, posteriormente, para discussão mais ampla durante a Conferência Nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*